Saiba qual foi o pedido feito da diretoria do Atlético-GO para a CBF




Em nome do presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-GO Jovair Arantes, o Dragão sugeriu a CBF uma forma de empréstimo para ajudar os clubes nessa pandemia do novo coronavírus. São três meses sem futebol profissional no Brasil. O time campineiro perdeu patrocinadores e receitas nesse tempo.

“A CBF fez uma doação pequena (às séries C e D), mas que já ajudou bastante esses clubes. A entidade precisa acenar com algumas coisas para os times das séries A e B. É uma entidade que tem um bom capital depositado em conta, então a CBF poderia fazer muito bem em sistema de empréstimo. Emprestar uma quantidade específica para cada clube pagar um pouco das contas. Nós estamos com dificuldade no Atlético, o Goiás e o Vila também, e assim vamos indo”, disse o dirigente a Rádio Sagres.

Leia também
O dirigente ainda afirmou que falta mais atitude da Confederação em relação as equipes.
“Acho que a CBF está quase toda omissa. De certa forma ela está se eximindo de algumas responsabilidades que são importantes assumir neste momento. Até hoje, por exemplo, não saiu o protocolo dela.”
Questionado sobre a volta aos treinos, Jovair revelou que é favor do retorno mas respeitando o distanciamento social.

“Eu acredito que tem continuar pregando o distanciamento social, todos correrem para ficar o mais longe possível do perigo, mas fazer as coisas com segurança. Quando falamos para o Atlético treinar e voltar à prática é porque nós temos segurança de que os protocolos no clube serão cumpridos. E se voltar o futebol também, tem que ser com cuidados, não podemos sair por aí fazendo aventura e colocar os jogadores em risco.”







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!