Projeto de clube-empresa tem pressa para driblar reforma da previdência; veja mais

Exibir tudo

Lucas Figueiredo - Divulgação - CBF

Projeto de clube-empresa tem pressa para driblar reforma da previdência para ser aprovada e ser colocada em prática, conforme revelou o jornalista Rodrigo Mattos, em seu blog no UOL. Indicado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o relator do projeto de lei do clube-empresa, deputado Pedro Paulo, prevê um novo financiamento das dívidas fiscais dos clubes substituindo os clubes.

Com o refinanciamento de dívidas previdenciárias no modelo proposto não é permitido pelas novas regras a serem aprovadas em definitivo no Senado. Com a nova previdência aprovada na Câmara, não é permitido parcelamento acima de 60 meses isto é, cinco anos. O Profut dá prazos maiores de vinte anos.

Em entrevista, o deputado Pedro Paulo falou sobre o prazo de 60 meses da previdência: “Tem o prazo de 60 meses da previdência que passa a valer”, disse o deputado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!