Com contrato até o fim do Goianão, Daniel Borges foca nos treinos em período de ‘folga’

Sem ter o que comemorar após a fraca atuação diante do Iporá, o Atlético Goianiense se apega ao período sem jogos para tentar melhorar seu futebol. Serão 10 dias sem entrar em campo. O elenco folga no fim de semana e retoma as atividades na segunda-feira. A partir daí o técnico Marcelo Cabo terá semana livre para aprimorar a equipe, fato visto com bons olhos por Daniel Borges. O lateral admite que o desempenho não foi bom, mas evita criticar o time.

– Nós estamos em uma crescente. Estamos pontuando e somos líderes do nosso grupo. Estamos na zona de classificação e temos tudo para melhorar. Agora temos 10 dias para trabalhar antes do próximo jogo. Estamos tranquilos. Sabemos que ficamos devendo (contra o Iporá), mas temos o respaldo da comissão técnica. A equipe está focada em um só objetivo e sabe dos seus deveres.

Mesmo ciente de que o futebol do Atlético Goianiense está longe do nível de Série A, Daniel Borges evita ficar pensando no calendário rubro-negro. O lateral prega foco total na Campeonato Goiano, até porque seu vínculo se encerra em maio e ele ainda não sabe se vai permanecer no clube.

– Meu contrato, a princípio, é só para o estadual. Tenho que desempenhar um bom papel para poder renovar, mas acho que ainda não é momento de pensar no segundo semestre agora. É momento de pensar em melhorar no Campeonato Goiano, fazer boas partidas e convencer a torcida de que o time é qualificado e tem bons jogadores – conclui o atleta de 23 anos.

Após a partida, Marcelo Cabo lamentou muito a ausência de Jorginho contra o Iporá. O meia cumpriu suspensão e volta na próxima rodada, fato que deve ajudar o Atlético Goianiense a ter maior criatividade no meio-campo. O próximo compromisso do Dragão é contra o Itumbiara, domingo (5).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.