Chapecoense é o exemplo para o Atlético em 2017, segundo comandante

Segundo a diretoria, os matemáticos e os torcedores, o Atlético precisa de apenas mais uma vitória para garantir o acesso para a Série A em 2017. O Dragão se encontra com 61 pontos atualmente, 4 pontos a mais que o vice líder, Vasco da Gama e segundo os especialistas, 65 pontos seria o necessário para garantir uma das quatro vagas. Mas o torcedor agora começa a sonhar com o título, mas segundo Cabo, essa palavra não pode ser dita no CT.

A palavra “título” no Atlético-GO é proibida. Tínhamos três metas que elaborei no início da competição: a primeira era a manutenção na Série B, a segunda é o acesso e a terceira é o título. Então, estamos muito próximos do nosso segundo objetivo que é o acesso, e depois que a gente conquistar matematicamente a gente vai pensar na possibilidade de título (…). Nós entendemos que com 65 (pontos) matematicamente podemos conquistar essa possibilidade de acesso. E aí depois vamos pensar na possibilidade de título.

A grande inspiração para o treinador, para o próximo ano – com o acesso – é a equipe da Chapecoense, que desde que subiu, não caiu. Cabo disse que Adson Batista já trabalha buscando a renovação de alguns jogadores da equipe rubro-negra, além de que ele mesmo – Cabo – juntamente com seus auxiliares, estão atentos ao mercado.

Nós temos exemplos de times que subiram para a Série A e voltaram para a Série B. Mas temos um bom exemplo a ser seguido que é a Chapecoense, que subiu para a Série A e há quatro anos está com um trabalho bastante estável. A diretoria, em nome do Adson Batista, já está bem atenta a isso, com a possibilidade de renovação com jogadores que tem término de contrato ao final da competição. E também temos um mapeamento do mercado através da minha pessoa como treinador, e dos meus auxiliares João Paulo e Rodolfo Oliveira, para trazer novos jogadores para 2017.

O treinador aproveitou a chance para elogiar a diretoria do Dragão, que está fazendo diversos esforços para que as partidas sejam transferidas para o Olímpico.

A diretoria tem se esforçado bastante para que possamos jogar no Olímpico, que é um estádio completamente moderno para 13.500 espectadores sentados, um estádio com padrão Fifa em termos de gramados, estrutura. E uma coisa muito mais importante: o estádio fica na região do Atlético-GO. Nos últimos três jogos dentro do Olímpico colocamos 35 mil pessoas. A ideia da diretoria é sim, confirmando o acesso, em 2017 jogar no Olímpico para que a gente possa ter essa média de público e ficar perto da nossa torcida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!