CBF define estratégia para evitar ações trabalhistas contra clubes brasileiros




Em uma Live no Instagram na última quarta-feira, o secretário-geral da CBF, Walter Feldman, informou que a entidade brasileira está comando providências para evitar que os clubes virem alvos permanentes destes processos. Na análise do dirigente, o órgão está preparando uma estratégia para evitar que gere novas ações trabalhistas contra clubes brasileiros que são da Série A até a D.

 

“O futebol tem uma realidade muito própria, se forem aplicadas as Leis Trabalhistas a esses aspectos diferentes do futebol vai ficar uma loucura. Estamos montando um grupo para discutir a relação trabalhista no futebol, com amparo do Tribunal Superior do Trabalho, para equacionar essa polêmica que no futebol não pode existir”, afirmou.

Leia também

 

Na mesma linha, o dirigente da CBF revelou detalhes do seu papo que teve com o presidente do Corinthians, o Andrés Sanchez, quanto ao ex-jogador Paulo André e hoje dirigente do Athletico-PR. Walter explicou que o ex-atleta do clube paulista está chateado com a situação.

 

“O Paulo André me disse que está chateado com a situação, foi em um tempo no qual ele lidava com o lado sindical, como membro do Bom Senso, e queria já ter resolvido tudo isso, hoje ele está mais aberto a todos os lados”, destacou.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!