CBF afirma querer calendário que não afete 2021 e preserve estaduais




Muitas discussões estão correndo entre os clubes e a CBF sobre o rumo que deve tomar o futebol brasileiro nesse momento de pandemia. Com o futuro incerto a respeito das datas que possivelmente podem retornas as atividades do desporto no país, a afirmação de não invadir o calendário de 2021 é certa. Os clubes possuem competições em andamento e contratos em vigor por essas competições, como estaduais e Copa do Brasil. Os calendários de 2021 também já possuem acordos fixos com patrocinadores e emissoras .

A tendência é que os estaduais sejam preservados por já estarem praticamente em Suas retas finais, a CBF já tranqüilizou as federações locais quanto a essa questão. Mas o que entra em cheque pode ser o futuro do Campeonato Brasileiro.

Algumas possibilidades como um campeonato nacional de 19 rodadas com mata-mata foi levado em consideração, mas os clubes não viram essa hipótese com bons olhos. Caso o futebol possa retornar em agosto há também a possibilidade de estender datas de jogos até as vésperas das festividades de final de ano, porém com um período muito curto de preparação das equipes tanto no retorno após a parada por conta da pandemia, quanto no inicio da temporada do ano de 2021.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!