A posição do Atlético-GO sobre a disputa da Copa Verde 2020

Foto: Victor Garcia/ ACG




Neste segundo semestre, à CBF divulgará maiores detalhes sobre o começo da Copa Verde que sempre acontece com os times do Centro-Oeste e Norte. O campeão do torneio, terá uma vaga direto para as oitavas de final da Copa do Brasil de 2021.

“Há um compromisso do presidente Rogério Caboclo, do diretor de competições Manoel Flores de nós cumprirmos o calendário completo – 9 competições foram reiniciadas, todas com sucesso, com responsabilidade sanitária, com realização de testes. Hoje o Brasil é referência mundial de futebol e responsabilidade na área de saúde e nós temos um compromisso de reiniciar a Copa Verde”, diz o Secretário-Geral da CBF, Walter Feldman.

No Atlético-GO, o presidente Adson Batista explicou a posição do clube rubro-negro: “Estaremos envolvidos com o Brasileiro que é o carro chefe e o Goiano que vai recomeçar. Vejo com poucas possibilidades de ter espaço,calendário e elenco para disputar. A principio não temos interesse nessa vaga”, revelou o presidente Adson Batista.

No Goiás: No ano passado, o clube foi vice-campeão do torneio perdendo para o Cuiabá e o presidente Marcelo Almeida garantiu que vai procurar o conselho do clube para saber qual decisão vai tomar. Por enquanto, ainda está indefinido pelo lado esmeraldino.

No Vila Nova: O clube já tem sua programação para o mês de janeiro e a fase decisiva da Série C, além do Campeonato Goiano, o vice-presidente do Vila, Leandro Bittar, não descartou a possiiblidade de disputar o torneio, mas admitiu que o tema ainda será debatido internamente pelos membros da diretoria.







Os comentários estão encerrados.