Um dos destaques da campanha do Dragão, Michel diz ter recebido sondagens de grandes da Série A e proposta de clube dos EUA

Volante fala sobre atuar na lateral (foto e reprodução: ESPN)

Durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (19), Michel revelou ter recebido sondagens de três clubes brasileiros da Série A: Corinthians, Palmeiras e Grêmio. Um dos grandes destaques da campanha do líder Atlético-GO na Série B, o volante disse, porém, que essas equipes ainda não enviaram propostas oficiais. No que se refere a negociação formal, o atleta de 26 anos afirmou que chegou a se reunir em Goiânia apenas com um dirigente do Columbus Crew, da Major League Soccer (MLS), principal liga norte-americana de futebol, mas as tratativas acabaram não evoluindo.

– Pra mim não chegou nada oficial. Somente especulações, boatos. Nada concreto. Papel em si, nada. Chegaram sondagens do Corinthians, Palmeiras, Grêmio… A única coisa concreta foi um time dos Estados Unidos, o Columbus. O representante veio, conversamos e ele colocou as propostas. Mas ontem tivemos a notícia de que não vai dar certo, e as negociações se encerraram. Eu me encontrei com o dirigente do clube, mas não evoluiu – declarou nesta manhã.

Segundo Michel, a diretoria do Columbus manifestou interesse em seu futebol, mas a comissão técnica preferiu não dar sequência ao negócio. Ciente de que deve ser procurado por outras equipes nesta reta final de temporada, o volante acredita que o Dragão terá problemas para manter a base. Com chances de título e o acesso bem próximo, o jogador avalia que o grupo está valorizado no mercado. Michel pertence o Novorizontino e está emprestado.

– É bem difícil o Atlético-GO manter não só eu, mas boa parte do elenco, pelo trabalho que estamos fazendo. Isso vai depender deles. De uma conversa entre Novohorizontino, eu e Atlético-GO. Não vou mentir que não tem possibilidade de ficar. Tudo é uma negociação financeira, mas o futuro é incerto. Não sei o que pode acontecer daqui para frente.

Michel tem quatro gols na Série B e lidera o quesito desarmes na competição. A multa rescisória de seu contrato junto ao Novorizontino gira em torno de R$ 4 milhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!