Saiba quais clubes são que são contra o retorno do público aos estádios

Foto: Paulo Marcos/Ass ACG




Muitos clubes utilizaram entrevistas em programas e notas oficiais em suas redes sociais para se expressarem sobre a possibilidade do retorno do público nos estádios. Entre os clubes são: Bahia, Botafogo, Vasco, Fluminense, Corinthians.

Botafogo, Grêmio, Inter e Santos, que são contra o retorno de suas torcidas nesse momento de pandemia pela Covid-19. Diante disto, a publicação foi divulgada pela reportagem do site Globo Esporte.com, que trouxe maiores detalhes.

Confira, a publicação na íntegra:

Bahia – presidente Guilherme Bellintani
– Vamos defender o retorno do público aos estádios quando as autoridades sanitárias avaliarem que é o momento. E defendemos que seja ao mesmo tempo em todo os jogos, evitando desequilíbrio esportivo da competição.

Botafogo – presidente Nelson Mufarrej
– O Botafogo defende o princípio da isonomia, uma premissa básica quando se fala em competição. É uma discussão que precisa contemplar o coletivo, ou seja, todos os clubes e os cenários vivenciados em todo o país, sob os mesmos critérios. É imprescindível que haja o respaldo dos órgãos de saúde e que ocorra sem açodamentos.

Corinthians – presidente Andrés Sanchez
– O Corinthians só aceita a volta do público aos estádios se todos os times da Série A tiverem a mesma oportunidade, independente do estado ou cidade. Se não forem as mesmas condições pra todos não entraremos em campo.

Fluminense – presidente Mário Bittencourt em junho no “Troca de Passes”

– E antecipo aqui a todos os torcedores do Fluminense que não vamos abrir o estádio. Mesmo que o decreto libere, os jogos serão de portões fechados. Se a gente entrar no Brasileiro e todos os outros estados estiverem de portões fechados, não acho justo que o Rio jogue de portão aberto. Causa desequilíbrio na competição.

Grêmio – presidente Romildo Bolzan Jr.
– O Grêmio defende a isonomia da volta igualitária nos estádios.

Internacional – vice-presidente de futebol Alessandro Barcellos
– Não discutimos isso, não temos posição do clube. Fala aqui o Alessandro, acho que compromete a competição, desequilibra. O Beira-Rio desequilibra, faz barulho pressão. Qualquer número de pessoas sendo da nossa torcida incentiva com certeza. Não tendo esta condição e outros tendo, somos contra. Não falo com ninguém no clube.

Santos – nota da assessoria de imprensa
– O Santos FC entende que o retorno dos torcedores aos estádios de futebol deve acontecer apenas quando todos os clubes e cidades receberem autorização das autoridades competentes de saúde e da CBF, visando a isonomia da disputa das competições nacionais e a saúde de todos os envolvidos.

Vasco – nota da assessoria de imprensa
– Para se liberar torcida, deve se liberar em todo território nacional, pois não se pode criar um desequilíbrio esportivo.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!