Preparador físico do Atlético-GO revela papo com técnico Vagner Mancini sobre o elenco; veja como foi

Foto: Divulgação/Site Oficial do Atlético-GO




Em coletiva de imprensa, o preparador físico do Atlético-GO, Jorge Sotter, explicou como o técnico Vagner Mancini vai encontrar o time rubro-negro, quando assumir o time oficialmente. O membro da comissão técnica explicou como, tem sido o seu papo com o treinador.

“Temos falado bastante com o Vagner (Mancini), não só eu mas também o pessoal da parte técnica, os auxiliares. Estamos dando sequência ao trabalho, e está previsto dele chegar no domingo para iniciar na segunda-feira. O Vagner é um treinador de nível de Série A. Vai agregar bastante e nos ajudar a atingir o objetivo de permanecer na Série A. Ele vai encontrar um grupo bem trabalhado, com as valências físicas em torno de 70%. Precisamos entrar agora com os pequenos jogos e jogos coletivos para evoluirmos ainda mais”, projeta.

Para o Jorge, o time está semipronto e explicou: “A equipe do Atlético-GO está semipronta. Aproveitamos bem esse período para trabalhar muito a parte física, desenvolver as valências e deixar os atletas em bom nível de força, massa magra e corporal. Foi um período excelente de cerca de 32 dias de treinamentos. Mas futebol não é só isso. Precisa também de outras situações: pequenos jogos, aumentar o campo, fazer coletivos, amistosos para fechar todo esse trabalho em função do jogo. Acredito que esteja faltando só essa parte. Teríamos o torneio amistoso em julho, o que seria importante. É complicado ir para uma Série A sem fazer jogos. Mas estamos com 70%”, completou.

Por fim, o preparador explicou sobre oa logistica para o treino: “É o mesmo que ir para a casa de um conhecido. Saímos do nosso centro de treinamento, que é apropriado e dá toda comodidade e estrutura. Em Trindade ficamos um pouco prejudicados. Alguns atletas precisam fazer pré-treino, então chegam e vão para a sala de musculação antes. Em Trindade, não tem essa possibilidade. O gramado não tem tanta qualidade como o nosso, mas não está sendo problema. O que preocupa mesmo é a questão do pré-treino e pós-treino para recuperar depois do desgaste muscular. Só isso que pega um pouco”, completou.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!