Kléver comenta clássico diante do Vila e união de grupo atleticano

O Dragão após duas derrotas, conseguiu sua primeira vitória em clássico no Campeonato Goiano neste domingo, 19. O Atlético venceu o Vila Nova no estádio Serra Dourada por 1 a 0, gol do lateral esquerdo Wanderson cobrando falta, mas se não fosse pela “fera do jogo”, o goleiro Kléver, o resultado poderia ter sido muito diferente. O goleiro que garantiu sua titularidade na última temporada após a saída de Márcio, segue como prioridade para Marcelo Cabo.

O jogador que chegou a ter problemas com a diretoria para renovar seu contrato ao final da última temporada decidiu permanecer no Atlético. Klever então, venceu novamente a concorrência com o experiente Felipe Garcia e o jovem Marcos para começar o ano como o camisa 1 do Atlético. Neste domingo, o goleiro se destacou entre todos os presentes nos gramados e salvou a vitória atleticana.

Com belas defesas, principalmente no final da segunda etapa, Kléver evitou o gol de empate do Vila Nova. O goleiro sabia da responsabilidade do atual campeão brasileiro série B após ser derrotado em ambos os clássicos, e se mostrou muito feliz em ajudar a equipe sair vitoriosa do Serra Dourada, além de aproveitar para ressaltar o bom trabalho que o clube vem fazendo.

– Sabíamos que precisávamos muito dessa vitória por tudo que vinha acontecendo, até então não ter vencido nenhum clássico, estávamos cientes da nossa responsabilidade e fico muito feliz com essa vitória e por ter sido eleito o melhor em campo, tenho que agradecer a Deus e a essa equipe que tem melhorado a cada jogo, estamos no caminho certo”.

Ao longo da semana, a diretoria teve algumas reuniões com o técnico Marcelo Cabo. Já o treinador, até no dia do jogo chamou os jogadores para uma conversa privada, longe da imprensa. Ao ser questionado sobre o tema da conversa, Klever despistou e lembrou da pressão que o clube estava sofrendo, principalmente de seus torcedores.

– Sabemos que é normal (pressão), os resultados não vinham acontecendo, em muitos jogos a equipe foi bem, mas o resultado não foi o esperado, entendemos as reclamações mas o grupo está fechado, a diretoria, comissão, todos estão reunidos e podemos ver isso em campo, todo mundo correndo, se doando ao máximo. As vezes não conseguimos na técnica, mas temos que ir na vontade, naquele algo a mais”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.