Jorginho lamenta novo revés, mas não joga a toalha: “Enquanto houver esperança…”

Gol contra, mais uma derrota e o isolamento cada vez maior na lanterna do Brasileirão. Tudo deu errado para o Atlético-GO na derrota por 1 a 0 para o Vasco, no Serra Dourada. Agora, já são três jogos sem vitória e uma missão ingrata – para não dizer impossível – de lutar pela permanência na elite do futebol brasileiro nas próximas nove rodadas.

Apesar de tudo isso, o meia Jorginho ainda não jogou a toalha quanto ao rebaixamento. Depois de duas derrotas em casa, Palmeiras e Vasco, o Rubronegro agora vai tentar a difícil reabilitação longe de Goiânia, contra Santos e Vitória. E se ainda existir alguma chance…

– Não estamos conseguindo o resultado dentro de casa, mas tem que continuar trabalhando. Enquanto houver esperança, a gente vai trabalhar. Agora a gente tem dois jogos difíceis fora de casa. Tem que pontuar como a gente vem fazendo fora de casa para sair dessa situação porque o Atlético não merece estar nela pelo que a gente está jogando, mas, infelizmente, o futebol é desse jeito.

Com o revés para o time carioca, o Dragão já soma 17 derrotas e é, disparado, o time que mais perdeu na competição. Na última colocação, a equipe permanece com 26 pontos e está a seis da Chapecoense, primeiro time fora da zona da degola.

Fonte: Globoesporte

(Foto: Paulo Marcos/Atlético GO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.