Hyuri vem a público e abre o jogo sobre atuação do Atlético-GO contra o Inter

Foto: Comunicação/ ACG




Em entrevista no gramado do estádio Beira-Rio após eliminação nas oitavas de final da Copa do Brasil, o atacante Hyuri veio a público e falou sobre o desempenho do Atlético-GO nesta terça-feira. Para o atleta, que não deixou de esconder os méritos do adversário com a classificação.

“Acredito que enfrentamos uma equipe muito qualificada, que está na ponta da tabela e não é à toa. Nestes jogos que vemos a diferença. O Inter tem um elenco muito qualificado e não poderíamos dar estes vacilos. Eu, particularmente, nunca fiz protesto com ajuda de ninguém. Sempre fiz por mim, mas depois de hoje, fiquei muito chocado. Tenho esposa, sobrinha. É tamanho desrespeito”, diz.

Questionado sobre os protestos da torcida, o atacante falou sobre o assunto e explicou sobre o seu ponto de vista com relação ao tema. Durante o bate-papo, o atacante abriu o jogo e mandou um recado para o torcedor que tem feito as entrevistas.

“Acho que cada um podia fazer um pouco mais. Pode até parecer um pouco complicado, mas não podemos ter medo neste país. Quero deixar um pedido a quem se sentir afetado, não espere por alguém ao lado para protestar. Faça por si”, diz.

De acordo com a programação, o próximo jogo do Atlético-GO será no final de semana pela vigésima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O Dragão recebe o Corinthians, em Goiânia, às 21h em Goiânia.







Os comentários estão encerrados.