Doriva diz que Everaldo pediu para não enfrentar o Galo; atacante está de saída

Na derrota de 2 a 1 para o Atlético-MG, um fato chamou a atenção quando o Atlético-GO divulgou a escalação: Everaldo não estava sequer no banco de reservas. Autor de um belo gol de calcanhar no empate contra o São Paulo no meio de semana, o atacante até estava cotado para iniciar como titular, mas tampouco foi relacionado. A princípio, a informação oficial era de que ele havia sentido dores musculares. Contudo, o principal motivo foi revelado pelo técnico Doriva na entrevista coletiva após a partida:

– Sim, o Everaldo pediu para não jogar – resumiu o treinador.

Everaldo despertou o interesse de clubes estrangeiros e está perto de deixar o Atlético-GO. A possibilidade dele se transferir para a China não existe mais, pois a janela de transferências para o futebol chinês já fechou. Agora o mercado da vez é o mexicano. O Querétaro FC aparece como provável destino do atleta de 26 anos.

O Atlético-GO não pretendia negociar Everaldo, mas sabe que nada pode fazer caso algum clube pague a multa rescisória. Os valores giram em torno de 1 milhão de euros – pouco mais de R$ 3,5 milhões -, e os mexicanos já teriam sinalizado com essa intenção.

Dentro de campo, o Atlético-GO acabou sentindo falta de um finalizador mais eficiente, que poderia ter sido Everaldo, artilheiro do time no Brasileirão com cinco gols. Doriva lamentou as chances perdidas pelo Dragão, sobretudo com Paulinho e Gilvan, ambas no segundo tempo.

– Temos que ter mais clareza nas definições. O volume de jogo está acontecendo, mas ainda falta o time ter mais concentração para decidir. O jogo tem 90 minutos. Não adianta jogarmos bem apenas 60. Tem que manter a concentração – concluiu o comandante.

Fonte: Globoesporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.