Cuiabá 0x1 Atlético – Vitória que fará a diferença no final do campeonato

Nesta terça-feira à noite, o rubro-negro goiano foi até Cuiabá para enfrentar o time da casa em jogo válido pela 8ª rodada da Série B do Brasileirão 2019. O Dragão vinha de vitória suada em casa e buscava o triunfo para encostar no G4. A rodada era a última antes da parada da Copa América. Poderemos assistir a Seleção com mais tranquilidade.

Para o jogo, Wagner Lopes manteve o zagueiro Oliveira e promoveu as entradas de Jarro Pedroso e Gilsinho no ataque. Pedro Raul em péssima fase foi para o banco mais uma vez. Diferentemente das últimas duas partidas fora de Goiânia, o Atlético começou bem o jogo, mantendo a posse de bola, no entanto, sem oferecer perigo ao adversário.

A partir da segunda metade do primeiro tempo, o Atlético voltou a ser aquele time apático fora de casa. O Cuiabá cresceu no jogo e se não fosse o goleiro Kozlinski e o travessão a gente iria para o intervalo perdendo.

Seguramos a bronca lá atrás e voltamos para o segundo tempo. Na etapa final, Atlético se portou bem mais organizado, apesar de pouco objetivo. Aos 15, após bela troca de passes entre Matheuzinho e Pedro Raul (que acabara de entrar), Matheus cruzou rasteiro para Jarro que fez a diagonal na área, antecipou o marcador e bateu no canto do goleiro. 1×0 para o Dragão.

Depois do gol, o Atlético controlou bem o jogo, todavia novamente não teve grande desempenho. Atlético jogou para o gasto e conseguiu levar a vitória magra até o final. Nesse momento de oscilação o importante são os 3 pontos.

No mais, satisfeito com o Oliveira na zaga, jogou muito hoje e mostra porquê merece a titularidade. Kozlinski outra vez espetacular e a cada jogo cai mais nas graças da torcida. Segundo jogo seguido que não sofremos gol. Algo raro e que deve ser exaltado.

Atlético sente MUITO a falta do Jorginho. Eu repito, ele vivia melhor fase técnica dele como profissional. Tudo bem que o Goianão não é parâmetro, mas Jorginho foi decisivo em clássicos e na partida contra o Santos no Accioly. Estávamos acostumados com um Jorginho acima da média, mas muito irregular. Nesse ano ele estava jogando bem praticamente todos os jogos e transmitindo uma liderança entre o grupo de jogadores.

Não só o Jorginho em si faz falta. O próprio Matheuzinho tinha se encontrado no time jogando pela ponta e agora não consegue se encontrar como o 10 do time. Sem falar do Washington, que além da qualidade era uma liderança em campo.

Pausa providencial da Copa América para o competente Wagner Lopes treinar esse time, esperar o Jorginho voltar e fazer esse time jogar bonito de novo. Está no nosso DNA jogar bem, de forma ofensiva.

Fechamos bem o primeiro semestre de 2019. Um título Estadual que há algum tempo não vinha e na Série B brigando no pelotão de cima, além, é claro, da boa participação na Copa do Brasil. Dado importante é que já atingimos 20 vitórias no ano, mesmo número de vitorias em TODO ano de 2018.

Que saudade vou ficar de ver o Dragão, mas logo já estaremos juntos e de cara tem o Vila no Accioly. Pra cima dos fregueses!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!