Como a CBF planeja montar o calendário do futebol no Brasil até a Copa de 2022; entenda




A pandemia do novo coronavírus vem mexendo com o calendário do futebol em todo mundo, no Brasil não será diferente. Com o início do Brasileirão previsto para o início do próximo mês, a CBF já tem em mente como será o novo calendário do futebol brasileiro pelo menos até a Copa do Mundo do Catar, no ano de 2022. A competição que será realizada no final do ano, devido ao clima do país, pode interferir bastante no calendário aqui do país.

Com as datas cheias, devido à Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Copa Sul-Americana, a tendência é que essas competições sejam estendidas até o próximo ano, o que pode interferir também na data do Mundial de Clubes. Enquanto o Brasileirão está programado para iniciar no dia 8 de agosto, a Copa do Brasil já está prevista para acontecer à partir do dia 26 de agosto. As Copas Sul-Americanas e Libertadores ainda não possuem uma previsão de retomada.

Para o ano de 2021, a CBF planeja manter os estaduais com calendário exclusivo e com início previsto no máximo para o mês de março. A ideia da entidade é manter o máximo possível o formato das competições nacionais e tentar diminuir a quantidade de paralisação das competições, por conta das “datas fifas”. A vontade da CBF é que o Brasileirão também se inicie em maio. Vale ressaltar que no próximo ano, teremos duas competições no meio da temporada, o novo Mundial de Clubes, com mais clubes e a Copa América. Ambos têm previsão para iniciar em junho, o que pode acabar afetando o modelo brasileiro.

Para o ano de 2022, a ideia é que a temporada finalize até o dia 21 de outubro, ou um mês e meio antes do convencional. No mesmo ano, teremos novas eleições presidencial para a entidade, o que pode acarretar em mudanças futuras no calendário brasileiro.







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!