Com alto aproveitamento, Marcelo Cabo completa um ano à frente do Atlético

O técnico Marcelo Cabo completa nesta segunda-feira um ano à frente do Atlético. Contratado após a eliminação do time na semifinal do Campeonato Goiano do ano passado, o treinador levou o time ao surpreendente título da Série B do Campeonato Brasileiro. Foram 22 vitórias, 10 empates e apenas seis derrotas no Brasileirão.

Em 2017, a missão de Marcelo Cabo tem sido complicada. Ele ajudou a diretoria a remontar o elenco, que perdeu as principais peças após a conquista do título brasileiro. No Campeonato Goiano, o Dragão disputou 16 partidas e foi eliminado na semifinal pelo Goiás. Ao todo, Marcelo Cabo comandou o Atlético em 54 jogos, conquistando 28 vitórias, 15 empates e 11 derrotas – aproveitamento de 61%.

A trajetória de Cabo no Dragão quase foi interrompida antes do início do Estadual, em janeiro, quando ele ficou dois dias desaparecido e acabou encontrado em um motel da Região Metropolitana de Goiânia. Apesar deste episódio, o treinador ganhou voto de confiança do clube e permaneceu no cargo.

Com a eliminação do time rubro-negro no Campeonato Goiano, a diretoria contratou nove jogadores: o zagueiro Eduardo Gabriel, o lateral-direito Eduardo, os volantes Igor, Marcão e André Castro, o meia Andrigo e os atacantes Walter, Walterson e Everaldo. Na próxima quarta-feira, o Atlético estreia na Copa do Brasil contra o Flamengo, fora de casa. A estreia no Campeonato Brasileiro será dia 15 de maio, também fora de casa, contra o Coritiba.

Fonte: GloboEsporte.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.