CBF adota nova regra para liberar jogadores que já tiveram Covid-19 para jogo




De acordo com a publicação do jornal Folha de S.Paulo, a CBF adotou uma nova regra que começou a ser utilizada pelos jogadores de todas as divisões para liberar jogadores que já tiveram à Covid-19 para voltaram a atuarem. Como exemplo, ocorreu com os jogadores do Atlético-GO que tiveram seus atletas liberados no jogo contra o Flamengo pela segunda rodada da Série A.

Mesmo com diagnóstico positivivo para o vírus, não deverá ser um caso isolado nas quatro divisões do Campeonato Brasileiro. Com isso, a regra é que a CBF vai permitir que jogadores que tenham testados positivos para Covid-19 há dez dias, poderão voltar a atuar.

A regra contou com o aval do coordenador médico da CBF, Jorge Pagura, que diz que essa decisão foi tomada nos últimos dias. Além da entidade estár amparada em todas as diretrizes do Centro de Controle e Prevenção de Doenças e também com orientações da Sociedade Brasileira de Infectologia.

Com isso, um documento entre para a CBF, o presidente da Sociedade Brasileira de Infectologia, Clóvis Arns, que estabeleceu a regra dos dez dias no qual os atletas que testaram positivo antes desse período e cumpriram o isolamento ficam aptos para voltarem a atuar.







Os comentários estão encerrados.