ATLÉTICO, NÃO SE APEQUENE ESTENDENDO A MÃO ÀQUELES QUE DESEJAM NOSSO FIM.

Exibir tudo

Foto: Reprodução

Desnecessária e um insulto à torcida atleticana a mensagem de parabéns ao Goiás pelo acesso feita pela Comunicação do Atlético Goianiense através do Twitter. Em primeiro lugar a mensagem é mentirosa quando diz que essa foi a série B mais equilibrada e disputada de todos os tempos, só pesquisar as pontuações e disputas de outros anos. Na verdade os moxés subiram em uma das Séries B de nível mais baixo da história da competição, onde a “empresa verde” está subindo aos trancos e barrancos como vice campeã mesmo tendo a pior defesa do campeonato, tendo perdido 6 pontos para o lanterna Boa Esporte, onde times subirão sem sequer alcançarem 65 pontos, onde um time como o Vila Nova, que de 18 jogos em casa, não venceu 11, ainda disputou acesso até a penúltima rodada.

Não ha porque parabenizarmos um clube que em uma série B de nível baixíssimo, com um orçamento 5x maior que todos outros concorrentes, pariu porco espinho pra subir. Não subiu por mérito, subiu por impor a força da grana, por pagar salários estratosféricos para jogadores em uma série B, subiu pela força nos “bastidores”, só verem quantos pênaltis, expulsão de jogador adversário, e gols duvidosos houveram a favor da empresa Verde nesse campeonato. Por fim e o mais importante, por que o Atlético ser solidário com um clube que sempre fez de tudo para destruir e boicotar seus adversários locais? Alguém viu o Goiás parabenizar o Atlético por ser o único goiano na série A de 2017? Pelo título da Série B de 2016 ?

Todos sabem que os Moxés só foram jogar a série A em 1973, e lá puderam crescer e se consolidar, devido às boas relações que seus dirigentes tinham com o Governo da Ditadura Militar/CBF à época. A participação dos clubes na série A se dava por convite, e estranhamente convidaram o clube com menos títulos e menor torcida do Estado, os Moxés, que então pegaram jogadores de Vila e Atlético para jogar a competição. De lá pra cá a “Empresa Verde” cansou de usar o dinheiro que ganhou na série A, competição que entrou pelos fundos, para tirar jogador de Atlético e Vila. De lá pra cá ficou conhecido como o “time bom de bastidores”, sempre foi um tal de procurar jogador e técnico do time adversário durante jogos de final e semi-final para fazer pré contrato, entregar jogo de camisa pra juiz em intervalo de jogo no vestiário, chegando de suspeitas de comprar resultados, até episódios absurdos como o de passar uma boa grana pro goleiro do Atlético entregar jogo em seletiva nacional no fim dos anos 70 como muito já ouvimos falar.

Caro atleticano, quem de nós não viu o que a Empresa Verde fez nas finais estaduais de 2006, 2009, 2012 e 2013 em relação à arbitragem? Fomos assaltados. Quantos jogadores os Moxés assediaram só pra tirar do Atlético e nem utilizar ? Viçosa, Marcio, Pituca, Diogo Barbosa, goleiro Marcos, zagueiro Arthur…
Quantas vezes a Empresa Verde pôs advogado a disposição para ex jogador processar o Atlético? Até na final do Sub 19 agora contra os Moxés , 4 dias atras, a arbitragem deixou de marcar um pênalti claro q daria o título ao Dragãozinho.
Tudo esses caras fazem contra a gente articulados com a FGF e vamos dar parabéns?

E o pior é que esse tipo de mensagem contamina o espírito do time, de jogadores que chegam no clube. Todo atleticano sabe que o período recente em que o Goiás mais sofreu na mão do Atlético, o período mais vitorioso do Dragão sobre os Moxés, foi quando a rivalidade estava a flor da pele, que o diga Róbston os chamando de “Mocinhas da Cidade’, ali nossos jogadores entendiam o que era um clássico. E nos últimos tempos ? Esse bom-mocismo foi pra dentro de campo, nossos jogadores tem “medo de comemorar gol e chatear a torcida do Goiás”, nosso clube “ não entra em provocação”. Vejamos a diferença na postura dentro de campo dos jogadores do Vila Nova e dos jogadores do Atlético quando vão jogar contra o Goiás, e isso contribui para os recentes resultados.

Isso é um insulto ao atleticano, além do que, seria também de uma hipocrisia incrível pois tenho certeza que nossa Diretoria sabe de tudo q relatei acima e se indigna com isso.
A Historia mostra que esse clube Verde estar lá encima não ajuda em nada o futebol Goiano, não é vitória do nosso Estado, pelo contrário, pois quanto mais dinheiro e poder, obtém a Empresa Verde mais ela tenta pisar e esmagar seus adversários. Espero que nossa Diretoria reveja essa publicação. O Dragão, o clube do povo, da Campininha e de tradição, não tem que parabenizar o time da elite, do alto do Bueno, da grana, o clube dos “bastidores”.

Deixe uma resposta

//]]>