Atlético-GO prevê menor impacto com jogos sem torcida em caso da volta ao futebol




Ontem, o Atlético-GO promoveu uma live com presidente Adson Batista nas redes sociais do clube. Um dos temas debatidos foi o programa de sócio-torcedor na qual o Dragão não disponibiliza a sua torcida. Porém, Adson afirmou que deseja colocar o projeto em prática e disse que o time terá um impacto financeiro menor durante a pandemia do novo coronavírus.

“É um interesse muito grande do Atlético pensar no sócio-torcedor. Mas talvez, nesse momento em que ninguém pensava nessa pandemia, o Atlético será o clube que menos vai sofrer. Os clubes todos inseriram em seus orçamentos o programa de sócio-torcedor e bilheteria de jogos. Mesmo com nossas dificuldades, vejo que com nosso orçamento pequeno, o menor da Série A, o Atlético vai sofrer menos. Até porque o clube não conta com renda de bilheteria e nem com sócio-torcedor”

Leia também

A informação é da Rádio Sagres. O presidente falou que o clube está em processo de renovação.

Nós temos que entender que nossa torcida está em processo de recuperação. O Atlético dos anos 70 para trás tinha a maior torcida do estado. O clube ficou um período muito grande de 30, 40 anos, com grandes dificuldades. Essa novo administração de 10, 15 anos, nós todos estamos procurando recuperar nossa torcida”







Os comentários estão encerrados.

error: Content is protected !!