Atlético 1 x 2 Fortaleza – Agora ficou quase impossível

Exibir tudo

Neste sábado, o Dragão recebeu o líder Fortaleza em jogo válido pela 34ª da Série B 2018. O rubro-negro vinha de duas vitórias fora de casa e buscava vencer o jogo para colar no quarto colocado. Já o tricolor cearense poderia garantir o acesso antecipado no Antônio Accioly. E, para nossa tristeza, foi o que aconteceu. Fortaleza, com muitos méritos, já está na Série A 2019.

O Atlético começou mandando no jogo, encurralando o adversário. Nosso time costuma ter essa características em jogos no Accioly, mas não vem dando certo. Essa equipe me passa a impressão que não sabe jogar com a posse de bola. É muito mais uma equipe moldada para o contra-ataque do que para o jogo apoiado de controle de jogo. Nossos jogadores são muito jovens, muito afobados, muito ansiosos. Perdemos muitos gols no começo do jogo e o frio Fortaleza, quando teve a chance, guardou 2 rapidamente. O primeiro originou de uma falha grotesca de passe do volante Rômulo e o segundo de bola parada.

Com 2×0 contra, ficou difícil. Mas, mesmo assim, o Atlético continuou dominando completamente o jogo. Para o segundo tempo, Wagner Lopes tirou o improdutivo Vitinho e lançou André Luís, que vive ótima fase. A movimentação de André melhorou muito nosso ataque. É uma pena ele ainda sentir a lesão no púbis, pois seria titular absoluto nesse time. Outro que fez falta foi Julio Cesar, sem dúvidas um dos nossos principais adversários.

O jogo seguiu da mesma forma, um massacre do Atlético na posse de bola e no número de finalizações. Porém, temos que admitir, definitivamente não era nosso dia. O goleiro deles fez 6 defesas difíceis. A bola teimava em não entrar. Infelizmente, era o dia deles. Era a consagração do trabalho bem feito deles. Era a tarde em que marcaria a história do Fortaleza e o Accioly tinha que ser o palco. Não tem lógica.

No final, o Atlético fez o gol de honra para premiar, de certa forma, a entrega em campo.  Se já era complicado, agora ficou quase impossível. Temos que vencer os outros 4 jogos. Podemos nem pensar em empatar em algum deles.

Estou desiludido, infelizmente os jogadores não conseguiram fazer o Accioly um aliado. Sentiram a pressão da torcida. Querem atacar toda hora e de qualquer jeito e não possuem a tranquilidade necessária que demanda um time de futebol competente, como é o Fortaleza, letal!

A esperança é a última que morre.

Deixe uma resposta

//]]>