Atlético 1 x 0 CRB – Vitória suada e imprescindível

Exibir tudo

Nos embalos de sexta à noite, o Atlético recebeu o CRB em jogo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Dragão vinha de partida desastrosa contra o Guarani no interior paulista e buscava a reabilitação na sua casa, o especial Antônio Accioly. Já o CRB, que briga na parte de baixo da tabela, vinha embalado por vitória contra o líder fortaleza na última rodada.

Como já era esperado, o Atlético tomou conta das ações da partida desde o início. Contudo, a equipe rubro-negra errava muito, principalmente no último passe. O time até tocava bem a bola, mas no momento mais agudo, acabava desperdiçando. Além disso,o experiente time alagoano jogava em cima dos nossos erros e por algumas vezes teve contra ataques perigosos, não aproveitados.

O Atlético não contava com Pedro Bambu, suspenso. Com Fernandes no seu lugar, a equipe fica muito exposta, permitindo o adversário muitos espaços na intermediária. Esse é um dos motivos do Atlético ter sofrido tantos gols na competição. Nem acho que Fernandes jogou mal hoje, mas a marcação não é seu forte e nem tanto de seu companheiro de posição Rômulo.

Fomos para o intervalo com igualdade do placar, porém com domínio de jogo e algumas oportunidades de perdidas. O segundo tempo começou da mesma forma. Controle de jogo era do Atlético e CRB jogando no erro do rival. Até que o tempo passava e nada de gol, deixado a torcida na Caverna do Dragão apreensiva.

Pra piorar, ficou nítido o tanto que nosso time está desgastado. Devido a isso, o Atlético passou a incomodar pouco e já na metade da etapa final o CRB passou a equilibrar as ações da partida. No entanto, Tencati realizou boas alterações na equipe e deu uma oxigenada no time. A entrada de André Luis deu uma movimentada melhor no setor ofensivo e até a de Tomas Bastos surtiu efeito (que milagre).

Quando parecia que teríamos que amargar um empate, eis que Julio Cesar acertou outro excelente lançamento, semelhante ao que fez na assistência para Kayzer contra o Coritiba, e ANDRE LUIS chacoalhou a rede aos 41 minutos do segundo tempo. Aí a torcida jogou junto, o Dragão segurou o CRB por mais alguns minutos e os três pontos foram conquistados.

Resultado IMPORTANTÍSSIMO. Um empate complicaria muito a situação nossa na tabela e representaria uma queda muito grande no ânimo do torcedor, que ainda tentava se recuperar do baque da partida horrorosa contra o Guarani.

Quanto a torcida, não foi um grande público, mas foi bacana. Jogo muito tarde, final de mês … foi aceitável. Já a TDA, merece aplausos mais uma vez. Bateria empolgante e cantando o tempo todo. Outro show.

Vamos secar na rodada e continuar acreditando!

Deixe uma resposta

//]]>