Apesar de vitória magra, Marcelo Cabo ainda vê problemas ofensivos no Dragão: ” precisamos transformar todos os números em gols, para ter uma maior tranquilidade

Técnico elogiou os substitutos que ajudaram dragão a conquistar 3 pontos (Foto: Divulgação/Atlético-GO)

O Atlético voltou a vencer no Campeonato Goiano, após perder para o Goiás, o Dragão recebeu e venceu o Crac por 1 a 0. O time de campinas estreou no estádio Olímpico, mas ainda não empolgou o torcedor. Em quatro partidas disputadas, este foi apenas o segundo gol da equipe na competição, o que novamente irritou o técnico Marcelo Cabo, que ressaltou a qualidade e o modo de jogar do Dragão.

– Não podemos ficar o jogo todo no fio da navalha, onde correríamos o risco do empate em uma bola, precisamos melhor isso, mas, mais uma vez passamos o jogo sem tomar sustos, comandamos a partida, só que precisamos transformar todos os números em gols, para ter uma maior tranquilidade”.

Quem acompanhou a partida, pode perceber que o técnico se mostrou exaltado em boas partes do jogo. Marcelo explicou logo após a partida, a falta de gols vem tirando a paciência do treinador. Mesmo dominando a partida em outras estatísticas, a finalização ainda não está no nível que Cabo quer, ao ser questionado se falta muito para a equipe atingir o nível que ele entende como necessário, o treinador foi enfático ao ressaltar que falta muito.

Leia também

– Falta muito, precisamos trabalhar, mas com tranquilidade, precisamos ressaltar os três pontos, sabemos que a proposta do Crac era de vir aqui, se defender, jogar no contra-ataque e na bola parada. Nós conduzimos o jogo a partida inteiro, estávamos muito bem posicionados taticamente, circulamos bem a bola, tivemos superioridade numérica pelos lados, boas tabelas, finalizações, mas não adianta ficar falando isso toda hora e não concluir em gols, precisamos de gols. O que me irritou foi essa questão, criar, mandar na partida, mas não transformar em gols”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!