A INSTITUIÇÃO PRECISA SER RESPEITADA

O lamentável fato ocorrido com o Jornalista Rafael Sebba da Tv Anhanguera no jogo de Sábado (16/01) no Estádio Antônio Accioly trouxe novamente a tona a relação da imprensa com o clube.
O FATO
O jornalista em exercício de sua função, foi bastante hostilizado pela torcida que em um ato errôneo de 1 torcedor acabou passando dos limites e jogando cerveja no jornalista.

O jornalista chamou a polícia e foi escoltado. Enquanto o torcedor foi identificado e recolhido pela polícia.

 

A MOTIVAÇÃO

O fato que chama a atenção é: PORQUE O RAFAEL SEBBA FOI HOSTILIZADO?

Entre vários ensinamentos que minha mãe me passou, acredito que 1 exemplifica o fato:

“Quando você tem problema com 1 pessoa, releva-se. Quando você tem o mesmo problema com 2 pessoas, fique em alerta, mas, quando você tem o mesmo problema com 3 pessoas, o problema não é com eles e sim com você.”

Existe motivações para os torcedores hostilizarem o Rafael Sebba, ninguém faz esse tipo de atitude gratuitamente.

Porém, que fique claro, nada, nada, nada, justifica a violência.

O torcedor errou e a polícia já o identificou, daí pra frente fica a cargo da polícia tomar as devidas providencias pelo fato ocorrido.

 

A REPERCUSSÃO

No entanto, um erro não justifica outro.

O fato do torcedor ter passado dos limites, não dá o direito de parte da imprensa execrar a INSTITUIÇÃO ATLÉTICO CLUBE GOIANIENSE, como segue o exemplo abaixo:

Gama Thiago Menezes

É preciso ter PROFISSIONALISMO e IMPARCIALIDADE acima de tudo.

Algo que claramente não houve em ambos jornalistas.

Isso me faz lembrar de uma piada antiga sobre a rivalidade no futebol:
“2 amigos estavam saindo do Onésio Brasileiro Alvarenga (Centro de Treinamento do Vila Nova) quando um deles é atacado por um cachorro.
O amigo rapidamente pega um pedaço de pau e dá na cabeça do cachorro que cai desmaiado.
Um jornalista que passava por ali e viu a cena, aproxima-se dos garotos e diz:
– Já estou até vendo a manchete: “Heroico torcedor Vilanovence salva amigo de cão feroz”
Prontamente um dos meninos responde: – “E quem disse que somos vilanovences?”
O Repórter então emenda: “Heroico torcedor Esmeraldino salva amigo de cão feroz”
Novamente o menino responde: – E quem disse que somos Esmeraldinos?
E pra quem vocês torcem então?
O menino responde: – Atlético!
O Repórter vira as costas e vai embora.
No outro dia sai a manchete: “delinquente Atleticano ataca brutalmente cão indefeso”

 

 

 

 

 

 

2 Comments

  1. junior dias disse:

    Muito bom o texto assino embaixo

  2. … [Trackback]

    […] Find More here on that Topic: dragaogoiano.com/a-instituicao-precisa-ser-respeitada/ […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!